A Traidora do Trono


Título: 
A Traidora do Trono (Traitor to The Throne) • Série: Rebel Of The Sands #2 • Autor: Alwyn Hamilton • Editora: Seguinte • Tradução: Eric Novello • Compre: Amazon

Cheguei ao segundo livro da trilogia sem saber exatamente o que esperar dele, o que de certa forma foi bom, pois, não criei muitas expectativas sobre o que estaria por vir, a verdade é que eu amei o primeiro livro e que queria que esse fosse tão bom quanto, mas, eu não sabia o que esperar dele.

A escrita da Alwyn continua cativante e maravilhosa nesse segundo livro, a leitura me deixa ansioso pelo que acontecia e pelo que viria a acontecer, eu ficava mais e mais ansioso para descobrir como as coisas se desenrolaram na história, me vi completamente atordoado com os acontecimentos, quando eu pensava que a autora não tinha como me surpreender mais, lá estava eu de queixo caído.

Nesse livro nós temos um outro ponto de vista sobre a situação de Miraji em vários aspectos e eu adorei a forma como a autora desenvolve tudo de forma minuciosa e detalhada neste livro, muitas vezes fazendo até mesmo o próprio leitor balançar um pouco sobre a confiança que eles possuem nos personagens. adoro livros que conseguem me tocar a tal ponto.

Ainda que eu tenha demorado um mês para finalizar a leitura, ela foi muito proveitosa, esse sem dúvidas é uma boa continuação para o primeiro livro e traz um gancho muito bom para o terceiro e último livro. Algumas escolhas de Amani e Jin me irritaram um pouco nesse livro, mas, fora isso, a leitura entrega uma história encantadora.

Amani Al’Hiza mal pôde acreditar quando finalmente conseguiu fugir de sua cidade natal, montada num cavalo mágico junto com Jin, um forasteiro misterioso. Depois de pouco tempo, porém, sua maior preocupação deixou de ser a própria liberdade- a garota descobriu ter muito mais poder do que imaginava e acabou se juntando à rebelião, que quer livrar o país inteiro do domínio do sultão. Em meio às perigosas batalhas ao lado dos rebeldes, Amani é traída quando menos espera e se vê prisioneira no palácio. Enquanto pensa em um jeito de escapar, ela começa a espionar o sultão. Mas quanto mais tempo passa ali, mais Amani questiona se o governante de fato é o vilão que todos acreditam.

CONVERSATION

0 comments:

Postar um comentário

Obrigado por visitar o blog! Espero que tenha gostado do post e que deixe um comentário com suas impressões sobre o texto.

Você tem um blog? Não esquece de deixar seu link para que eu possa visitar seu blog.

IMPORTANTE
Os comentários publicados nesse blog são de inteira responsabilidade dos seus autores e não refletem a opinião do blogueiro.