Conectadas


Título: Conectadas • Autor: Clara Alves • Editora: Seguinte • Compre: Amazon

Há algum tempo eu queria ler esse livro, eu ainda não havia tido nenhum contato com nenhuma outra obra da autora, então não perdi a oportunidade de ler Conectadas quando ela me foi ofertada, eu não sabia bem o que esperar do livro além de um romance lésbico, o que foi bom, pois, odeio criar grandes expectativas.

Eu gostei bastante da escrita da Clara, a leitura é fluida, divertida e ela consegue desenvolver bem a relação entre as protagonistas, o livro foi um pouco lento para mim, mas, isso não atrapalha todo o bom trabalho que a autora realizou em seu trabalho, principalmente porque encontrei nesse livro temas que eu ainda não tinha lido em nenhum dos meus livros.

Raíssa é sem dúvidas uma personagem muito engraçada e divertida, ler as partes narradas por ela no é sempre bom, ela está passando pela dificuldade de aceitar sua sexualidade e bom, muito gente passa por isso é basicamente impossível não se identificar com a Situação. Ayla é nossa outra protagonista, ela vem tendo problemas em casa, mas, nem por isso ela se deixa tornar uma pessoa amarga e chata, mas, Ayla também tem seus problemas em casa e suas dificuldades pessoais, e é exatamente isso o que acaba por unir os destinos das protagonistas.

Fiquei encantando com a premissa da história girar em torno de um jogo online e eu achei isso incrível porque nunca tinha visto em nenhum outro livro e eu pude até entender um pouco do apelo de jogos online, o livro ainda trata sobre cosplay que eu sei que é uma cultura enorme, mas nunca tive a oportunidade de presenciar, mas amo alguns que vejo na internet então foi legal ver no livro.

Eu gostei muito desse livro, ele é muito gostosinho, como disse achei ele um pouco lento em alguns desenvolvimentos, mas, ele também traz pontos fortes como a relação familiar influencia nossas vidas, a importância da amizade, a importância de dar valor e conhecer sua raiz familiar. Por fim, o livro não é perfeito, mas sem dúvidas entrega uma história muito envolvente e divertida.

Raíssa e Ayla se conheceram jogando Feéricos, um dos games mais populares do momento, e não se desgrudaram mais — pelo menos virtualmente. Ayla sente que, com Raíssa, finalmente pode ser ela mesma. Raíssa, por sua vez, encontra em Ayla uma conexão que nunca teve com ninguém. Só tem um “pequeno” problema: Raíssa joga com um avatar masculino, então Ayla não sabe que está conversando com outra menina.
Quanto mais as duas se envolvem, mais culpa Raíssa sente. Só que ela não está pronta para se assumir — muito menos para perder a garota que ama. Então só vai levando a mentira adiante… Afinal, qual é a chance de as duas se conhecerem pessoalmente, morando em cidades diferentes? Bem alta, já que foi anunciada a primeira feira de Feéricos em São Paulo, o evento perfeito para esse encontro acontecer.
Em um fim de semana repleto de cosplays, confidências e corações partidos, será que esse romance on-line conseguirá sobreviver à vida real?

0 Comentários