Órbita de Inverno


Título: Órbita de Inverno (Winter's Orbit) • Autora: Everina Maxwell • Editora: Suma • Tradução: Vitor Martins • Compre: Amazon

Eu não sou o maior fã de Ficção Científica, eu geralmente aprecio a leitura do gênero, mas, ela é sempre muito difícil para mim por ter uma linguagem muito técnica, mas, quando eu li a sinopse de Órbita de Inverno eu não consegui me segurar, precisava ler o livro porque a sinopse me conquistou.

Vou começar dizendo que eu adorei a escrita da autora e a forma como ela vai desenvolvendo e destrinchando a história aos poucos me fazendo pensar que qualquer um dos personagens poderiam ser o grande vilão da história. Ainda que seja um sci-fi, achei o uso de termos técnicos bem leve o que me agradou demais tendo em vista que essa é minha maior dificuldade no gênero, entretanto, a história tem uma trama política muito forte, que eu achei muito bem desenvolvida e pessoalmente adoro livros com intrigas e jogos políticos. 

Eu amei Keim logo de cara, super desenvolto, engraçado, carismático e além disso um grande romântico, mas ao mesmo tempo uma grande safada rsrs. Gostar de Jainan foi muito fácil, na verdade foi quase obrigatório dele, passei a maior parte da leitura sofrendo com e por ele, tudo o que eu queria era abraçá-lo e dizer que ele era maravilhoso. Preciso dizer o quanto adorei os personagens secundários principalmente Bel e Gairad, elas proporcionaram ótimos momentos para mim durante a leitura.

Eu adorei essa leitura, eu estava participando de uma LC, mas, não consegui me manter no cronograma e li o livro todo rsrs. O desenvolvimento do romance me agradou demais, ele foi no ponto e em nenhum momento roubou o foco da história, na verdade foi muito bem usado para desenvolver a trama principal da mesma. Esperava gostar do livro, mas, não tanto quanto gostei, eu não queria largar a leitura, precisava descobrir onde as tramoias levariam a história e o que aconteceria com o casal que conquistou meu coração muito fácil, isso me deixou muito feliz pois, tinha tempos que não me sentia assim em relação a uma leitura.

Uma ressalva que faço é que ainda que o livro seja uma ficção científica, ele tem como ponto chave jogos políticos e talvez isso acabe decepcionando um pouco quem busca o livro por causa da FC, que nessa história fica em segundo plano e é usada como pano de fundo.
Príncipe Kiem, neto da Imperadora de Iskat, é um jovem que nunca precisou provar seu valor. Agora, no entanto, ele é intimado a fazer algo de útil: casar-se com conde Jainan, representante de Thea, para impedir que o planeta vassalo inicie uma rebelião contra o Império. A situação, porém, não é tão simples quanto parece. Jainan já havia se casado antes, com o primo de Kiem, o que garantiu por um tempo o elo entre Thea e Iskat, mas algo deu errado: seu marido morreu em um trágico acidente. Kiem não quer se casar. Jainan não quer um novo marido. Mas, uma vez juntos, eles terão de enfrentar as intrigas da corte, as maquinações da guerra e os ecos do passado, em uma conspiração que pode acabar com tudo o que acreditam. O par improvável entrará em uma jornada épica para salvar o império - e a si mesmos.

CONVERSATION

4 comments:

  1. Alisson, adorei sua resenha. É uma escrita fluida, faz a gente ficar completamente imerso, e entendo não ter conseguido se segurar! Keim e Jainan já tem um lugar no meu coração!

    ResponderExcluir
  2. Também não me identifico muito com Ficção Científica, mas leio sempre que possível e com boas indicações, priorizo. Não conhecia Órbita, mas gosto disso de não saber quem é o vilão, e o lance dos termos técnicos serem mais tranquilo, também me anima. Dica anotada e ótima resenha.

    ResponderExcluir
  3. Olá!

    Ficção Científica não é minha praia, diferente de você que lê o gênero eu costumo passar longe. Mas sua resenha me chamou a atenção com tantos pontos positivos, estou anotando a dica e vou voltar nela assim que sobrar um tempo.

    Beijos
    Leitura Terapia

    ResponderExcluir
  4. Oi Alisson!

    Eu também tenho um pouquinho de dificuldade com leituras do gênero Ficção Científica, mas ultimamente tenho ficado bem curiosa para ler algumas história que vou começar pelos contos. Eles contém menos páginas até eu ficar tranquila com os elementos da Ficção Científica. Vou adicionar este livro que você leu, pois parece uma história bem interessante e jogos políticos sempre proporcionam boas histórias.

    Bjos
    https://consumidoradehistorias.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Obrigado por visitar o blog! Espero que tenha gostado do post e que deixe um comentário com suas impressões sobre o texto.

Você tem um blog? Não esquece de deixar seu link para que eu possa visitar seu blog.

IMPORTANTE
Os comentários publicados nesse blog são de inteira responsabilidade dos seus autores e não refletem a opinião do blogueiro.