Sempre Em Frente


Título: 
Sempre Em Frente (Carry On) • Série: Carry On #1 • Autor: Rainbow Rowell • Editora: Seguinte • Tradução: Lígia Azevedo • Compre: Amazon

Essa é a segunda vez que leio esse livro, na primeira vez eu não estava num bom momento de leitura e mesmo tendo amado eu realmente não consegui aproveitar bem a história, aproveitei que a Seguinte relançou o livro para refazer a leitura e dessa vez aproveitar melhor a história de Simon e claro reencontrar Baz.

A escrita da Rainbow é fluida e bem gostosinha de ler, o livro tem tem vários narradores e para mim isso é um ponto positivos, pois, de fato as visões do outros personagens traz mais significado para a história, achei o inicio do livro um pouco lento, mas, quando Baz aparece as coisas começam a ficar agitadas e é basicamente impossível largar o livro.

O que mais amo no Simon é o quanto ele é avoado a ponto de não perceber coisas obvias que estão em sua cara, e não isso não é uma coisa ruim, em Simon isso é algo engraçado e de certa forma até necessária para o desenvolvimento da história, também acho maravilhoso que mesmo sendo o mago mais poderoso de todos ele não é nem um pouco arrogante, mas sempre gentil, modesto e sociável. Penelope é exatamente a amiga que o avoado com Simon precisa, sempre trazendo sentido para as coisas sejam elas obvias ou não, além disso está disposta a tudo para ajudar Simon. Sem duvidas Baz foi a grande surpresa do livro, corajoso, debochado, um pouco arrogante, mas sem dúvidas um completo charme, impossível não se apaixonar por ele.

Eu amei reler esse livro, e sem a menor dúvidas consegui me conectar e aproveitar bem mais a história desta vez. Adoro a forma como a história é desenvolvida e como a conclusão é algo inesperado e me deixou passado, o final ainda deixa algumas perguntas em aberto, que espero conseguir encontrar as resposta nos próximos livros.
Simon Snow é o Escolhido. Segundo as lendas, ele é o feiticeiro que garantirá a paz no Mundo dos Magos. Isso seria extraordinário se Simon não fosse desastrado, esquecido e um feiticeiro pouco habilidoso, incapaz de controlar seus poderes. Ele está no penúltimo ano da Escola de Magia de Watford, e, ao lado de sua melhor amiga Penelope e sua namorada Agatha, já se meteu nas mais variadas aventuras e confusões ― algumas causadas por Baz, seu arqui-inimigo e colega de quarto, outras pelo Oco, um ser maligno que há tempos tenta acabar com Simon.
Quando chega o novo ano letivo e Baz não aparece na escola, Simon suspeita que o garoto esteja tramando alguma coisa contra ele. As coisas começam a tomar um rumo ainda mais estranho quando o espírito da mãe de Baz, antiga diretora de Watford, aparece para Simon afirmando que quem a matou continua à solta. Quando Baz finalmente chega a Watford sob circunstâncias misteriosas, Simon não vê alternativa a não ser ajudá-lo a vingar a morte da mãe ― o que pode ser o primeiro passo para que verdades avassaladoras sobre o Mundo dos Magos sejam reveladas. E para que tudo mude entre os dois garotos.

0 Comentários