Algum Dia


Título: Algum Dia (Someday) • Série: Every Day #3 • Autor: David Levithan • Editora: Galera Record • Tradução: Ana Lima • Compre: Amazon

Essa era uma leitura que eu queria fazer a um bom tempo, mas, acabei postergando ela mais e mais até estar com o livro na estante há um ano, como setembro é o mês do aniversário, decidi finalmente ler o livro tanto para homenagear o David quanto para tirá-lo da estante!

Ler David Levithan é sempre uma ótima experiência para mim e não foi muito diferente nesse livro, escrita dele continua perfeita e fluida, o livro é apresentado em vários povs o que é interessante para termos uma noção maior do que os personagens vivenciam, o desenvolvimento da história e personagens se torna ainda mais denso neste volume. David ainda aponta no livro temas como privilégio branco e direitos sociais igualitários.

A sem dúvidas é um dos personagens que mais amei conhecer e reencontrá-lo nesse livro só reforçou o carinho que eu tenho pelo personagem, ele é gentil, honesto e altruísta, e nem mesmo a tentação de ter o que ele sempre quis fazer ele deixar de ser a pessoa boa que ele é. X se mostra um personagem completamente odiável em essência, mas, sem dúvidas necessário para o desenvolvimento da história e do protagonista. Rhiannon é uma pessoa totalmente diferente da que conheci em Todo Dia, ela pensa e vê a vida de uma forma totalmente diferente depois de A, o que é bom e ao mesmo tempo a deixa confuso.

Gostei muito desse livro e como ele dá um final muito mais eficiente para A, ele também responde tantos questionamentos que eu tinha e ao mesmo tempo me fez ter tantos outros mais. Ser apresentado a outras pessoas iguais a A me deixou ainda mais encucado e querendo mais, mas, não acredito que essa série ganhe mais livros, ainda que fosse interessante um que não fosse focado em A. Sem dúvidas essa foi uma leitura tão boa quanto eu esperava, porém, com menos respostas do que imaginei. 

Leia Também:
Todo dia um novo corpo. Todo dia uma nova vida. Todo dia uma nova escolha.
Desde que A consegue se lembrar, a vida significa acordar no corpo de uma pessoa diferente todos os dias, vivendo assim por 24 horas. Sem poder escollier onde sera a prorima manhã.
Se apaixonar por Rhiannon não estava em seus planos, mas foi inevitável. Tentando fugir desse amor impossível, A desaparece, acreditando que será o melhor para o casal. Mas as lembranças ainda estão impressas em Rhiannon e não existe urn dia em que a garota não sinta saudades. Enquanto isso, A continua com o coração partido, acreditando ser a única pessoa no mundo que troca de corpo todos os dias.
Mas A estava errado. Há outros.
X está à sua procura e não medirá esforços até conseguir um encontro. X alega querer apenas converser, mas será que suas intenções são só essas? Será que X tem as respostas que A tanto busca? Mas a que preço?
Muito mais do que uma história de amor, Algum dia dia narra as múltiplas vivências de A, ora como urn adolescence vitima de bullying, ora como um garoto lutando contra a pobreza, para falar da importância da empatia e tocar em uma profunda questão filosófica: o que nos torna humanos?

CONVERSATION

4 comments:

  1. Oi Alisson!

    Acho que já comentei com você que não conheço a escrita de David Levithan, mas quando leio seus comentários sobre as histórias do autor sempre desperta aquela vontade de conhecer a escrita dele. Já estou com o primeiro livro na meta de leitura e pela sua opinião vou ter que adquirir os outros também.

    Bjos

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    Eu li o primeiro livro e senti que não queria ler mais, para mim o primeiro foi suficiente. E agora depois de ler sua resenha parece meio intrigante a continuação, gostei de conhecer mais o livro.

    ResponderExcluir
  3. eu lembro que na época que esse livro lançou foi um frenesi, um hype enorme, eu tentei ler mas acho que naquela época, situação e momento de vida não foi uma leitura que fluiu, e confesso que nem lembro direito porque kkk.

    ResponderExcluir
  4. tenho muita vontade de ler a série, fiquei feliz em saber como esse livro finaliza de maneira satisfatória as história, preciso urgentemente conhecer a escrito do autor! :)

    ResponderExcluir

Obrigado por visitar o blog! Espero que tenha gostado do post e que deixe um comentário com suas impressões sobre o texto.

Você tem um blog? Não esquece de deixar seu link para que eu possa visitar seu blog.

IMPORTANTE
Os comentários publicados nesse blog são de inteira responsabilidade dos seus autores e não refletem a opinião do blogueiro.